VARICELA OU CATAPORA

Confira mais informações sobre a vacina VARICELA OU CATAPORA disponível na IC, clínica de vacinas de Maringá.
 

Doença

Varicela / Catapora

Veja os sintomas

Nome da vacina

Varicela

Fabricantes: GSK, Sanofi Pasteur e Merck Sharp Dhome

Composição da vacina

Cepa Oka (vacina de vírus vivos atenuados)

Existe mais de uma versão desta mesma vacina?

Sim

Associada com a vacina Tríplice Viral

Faixa etária

A partir dos 12 meses.
A partir dos 09 meses com as seguintes condições

Qualquer faixa etária pode receber a vacina caso não tenha tido a doença

Número de doses

Duas
Se o vacinado for menor de 12 meses será indicada a tecerira dose

Fazer a segunda dose 90 dias após a primeira, nas seguintes condições

Reforço

Não

Associação com outras vacinas

Sim (Tetra viral) = Varicela + Caxumba+ Rubéola + Sarampo

Disponível em nosso serviço, indicada a partir de 04 anos.

Substituição de outras vacinas

Quando usada na forma Tetra-viral substitui a Tríplice-viral

Reações e cuidados

Coriza, mal estar no corpo, ardência na garganta

Uso de analgésico, conforme prescrição médica. Não fazer uso de Ácido Acetilsalicilico

 

VARICELA

Infecção viral primaria, aguda e altamente contagiosa. Geralmente benigna em crianças, porém, potencialmente mais grave em adolescentes, adultos e em crianças menores de 1 ano de idade.
 

TRANSMISSÃO

Por contato físico ou gotículas (secreções de pessoas infectadas). Lembre-se de que o doente portador de varicela é capaz de transmitir o vírus dois dias antes de ter qualquer sintoma e, continuará transmitindo o vírus durante os próximos 7 a 10 dias.
 

SINTOMAS

  • Febre
  • Erupção de pele na forma de vesículas disseminadas em todo o corpo

 

Complicações

Infecção secundária das lesões de pele, pneumonia, encefalite, complicações hemorrágicas, hepatite, artrite, Síndrome de Reye, até relatos de infecção invasiva severa por estreptococos do grupo A (GAS), podendo levar a óbito. É importante ressaltar que indivíduos imunodeprimidos (infectados pelo HIV, transplantados, neoplasias, etc), poderão apresentar quadros mais graves da doença.
 

TRATAMENTO

Tratamento local das lesões de pele para evitar infecção no local e cicatrizes.
 

PREVENÇÃO

  • Lavar as mãos freqüentemente com água e sabão
  • Não compartilhar alimentos, bebidas, pratos, copos e talheres
  • Afastar as crianças com varicela da creche ou escola até o 7º dia após o aparecimento das lesões ou até que todas as lesões tenham evoluído para crostas
  • Manter as unhas das mãos das crianças doentes bem aparadas
  • Procurar um serviço de saúde para avaliação e orientação
  • Não dar Melhoral (AAS) para crianças com varicela, pois esta medicação pode causar uma complicação grave chamada Síndrome de Reye
  • Notificar os surtos oportunamente
  • Vacinação

 

Informações Adicionais da Vacina da Varicela

Dúvidas na Vacina da Varicela: quando iniciar e fazer a segunda dose?
A associação de vacinas é sempre um avanço?
 

Entre em contato para mais informações

Seu nome (obrigatório)

Seu e-mail (obrigatório)

Assunto

Sua mensagem