TRIPLICE VIRAL

Confira mais informações sobre a vacina TRIPLICE VIRAL disponível na IC, clínica de vacinas de Maringá.
 

Doença

Caxumba/ Rubéola e Sarampo

Vejas os sintomas no texto abaixo.

Nome da vacina

Tríplice Viral, MMR, VTV, SCR

Fabricantes: GSK, Sanofi Pasteur e Merck Sharp Dhome

Composição da vacina

Vírus vivos atenuados de Caxumba, Rubéola e Sarampo

Não contém conservantes

Existe mais de uma versão desta mesma vacina?

Sim

Em alguns servicos esta vacina pode ser encontrada na forma individual para sarampo e para rubéola ou associação de sarampo/rubéola (dupla viral), ou com acréscimo da varicela (tetra-viral)

Faixa etária

A partir de 12 meses de idade

Pode se iniciar a partir dos 9 meses em caso de surto

Número de doses

Duas doses

A segunda dose entre 4 e 5 anos de idade

Reforço

Não

Somente através de convocação do Ministério da Saúde para determinada faixa etária, frente a risco de surtos

Associação com outras vacinas

Sim (Tetraviral) = Varicela + Caxumba + Rubéola + Sarampo

 

Substituição de outras vacinas

A triplice viral é opçao nos casos de indicação de imunização para apenas um de seus componentes quando a versão individual nao está disponível.

 

Reações e cuidados

Coriza, fadiga, dor muscular, febre, ardência na garganta e mais raramente exantema. Estas reações podem ser tardias de 2 a 10 dias após vacinação

Se necessário pode ser medicada com analgésico e antitérmico. Não fazer uso de Ácido Acetil-salicilico

CAXUMBA

A Caxumba é uma doença viral grave, aguda e muito contagiosa. Que acomete as glândulas salivares chamadas de parótidas.
 

TRANSMISSÃO

Por contato físico ou gotículas (secreções de pessoas infectadas).
 

SINTOMAS

  • Febre
  • Dor de cabeça
  • Inchaço e dor das glândulas salivares (parótidas)

Obs.: Essas glândulas produtoras de saliva aumentam, causando muita dor no local e no resto do corpo. Nos homens existe um possível risco de a doença desenvolver uma inflamação nos testículos denominada orquite.
 

PREVENÇÃO

  • Lavagem das mãos e evitar contato com pessoas infectadas
  • Vacinação

 

RUBÉOLA

A Rubéola é uma doença viral grave, aguda e muito contagiosa. Se uma gestante não vacinada contrair o vírus da Rubéola, há risco de má-formação fetal, que pode incluir problemas cardíacos, cegueira, surdez e retardo mental, ou ainda risco de aborto espontâneo.
 

TRANSMISSÃO

Por contato físico ou gotículas (secreções de pessoas infectadas).
 

SINTOMAS

  • Febre
  • Dores nos músculos e articulações
  • Apresentam manchas avermelhadas na pele, começando no pescoço e que depois se alastram para o tronco, pernas e braços.

 

PREVENÇÃO

  • Lavagem das mãos e evitar contato com pessoas infectadas
  • Vacinação

 

SARAMPO

A Sarampo é uma doença viral grave, aguda e muito contagiosa. Em crianças, pode apresentar complicações como infecção no ouvido, pneumonia e infecção no sistema nervoso central, mais conhecida como encefalite. Estas complicações podem deixar sequelas graves, até mesmo fatais.
 

TRANSMISSÃO

Por contato físico ou gotículas (secreções de pessoas infectadas).
 

SINTOMAS

  • Febre
  • Tosse
  • Manchas vermelhas pelo corpo

 

PREVENÇÃO

  • Lavagem das mãos e evitar contato com pessoas infectadas
  • Vacinação

 

Informações Adicionais da Vacina Tríplice Viral

A vacina combinada, de vírus vivos atenuados de sarampo, caxumba e rubéola tem uma eficácia para sarampo e rubéola em torno de 95% a 99% de proteção e para caxumba a eficácia é de 75% a 90% de proteção. A profilaxia pós-exposição deve ser utilizada até 72 horas após a exposição para sarampo. Para rubéola ou caxumba não está indicada a profilaxia pós-exposição.

Calendário de Vacinas SBIM

Prematuro
Criança – 0 a 10 anos
Adolescente – 11 a 19 anos
Gestantes
Adulto – 20 a 59 anos
Idoso – mais de 60 anos
Ocupacional
Pacientes Especiais
Atleta

Entre em contato para mais informações

Seu nome (obrigatório)

Seu e-mail (obrigatório)

Assunto

Sua mensagem