A maioria das pessoas que contraem HPV são adolescentes

Está demonstrado que a maioria das pessoas contrai o HPV (Papiloma Vírus Humano) na adolescência, ocorrendo o pico de infecção entre os 15 e os 24 anos. Sabe-se também, através de vários estudos epidemiológicos, que a infecção por HPV é a causa primária de aproximadamente 100 por cento dos cancros do colo do útero. Esta doença representa um problema de saúde pública a nível global e é uma causa de morte frequente em mulheres. Na Europa Ocidental, a taxa de incidência é de 10 novos casos/ano por cada 100 mil mulheres e a de mortalidade é de 3,4 por cento. Em Portugal surgem 13,5 novos casos por ano por cada 100 mil mulheres, com uma taxa de mortalidade de 4,5 por cento, o que equivale a uma morte por dia! Números acima da média europeia e, inclusive, acima dos valores de Espanha: 7,6 e 2,2 por cento, respectivamente. O Dr. Jairo Bouer responde algumas questões enviadas por jovens, veja:

O que é o HPV?

O HPV é um condiloma acuminado, conhecido também como verruga genital, crista de galo, figueira ou cavalo de crista, é uma doença sexualmente transmissível (DST) causada pelo Papilomavírus humano (HPV). Atualmente, existem mais de 100 tipos de HPV – alguns deles podendo causar câncer, principalmente no colo do útero e do ânus. Entretanto, a infecção pelo HPV é muito comum e nem sempre resulta em câncer. O exame de prevenção do câncer ginecológico, o Papanicolau, pode detectar alterações precoces no colo do útero e deve ser feito rotineiramente por todas as mulheres. Para ter mais informações sobre essa doença, assista ao vídeo do Jairo Bouer: